Gato pequeno

Boas maneiras
Uma parte importante no treino do gatinho é ajudá-lo a ser bem comportado com os outros. Não há nada pior que receber uma visita e ter o seu jovem animal de estimação a usá-la como tronco para afiar as unhas. Ações tais como desenterrar as plantas do vizinho e matar os peixes do lago não darão muita popularidade nem ao seu animal de estimação, nem a si.

Embora, de acordo com o nosso sistema legal, o dono não possa ser considerado responsável pelas ações do seu gato, é importante evitar que o seu felino provoque estragos. Leia nos regulamentos locais sobre a posse de gatos e certifique-se que respeita esses mesmos regulamentos. Para proteção do seu gatinho e segurança de outros animais pequenos na vizinhança, mantenha o animal dentro de casa à noite.

Boas saúde
Bem como certificar-se que o seu animal de estimação é saudável dando continuidade às rotinas de higiene, eliminação de vermes e desparasitação, é importante que se efetuem exames gerais regulares e que se assegure que o animal toma as suas vacinas de reforço na altura certa. Não ponha o seu jovem amigo em risco, especialmente se este estiver em contacto com outros animais que possam transmitir infeções.

Segurança
O seu novo amigo deve sempre usar coleira e chapa de identificação com o seu número de telefone gravado. Certifique-se de que o mantém em casa em momentos de trovoada ou fogo de artifício.

Se o seu gatinho desaparecer, informe-se do seu paradeiro junto de vizinhos, veterinário, organizações para o bem-estar do animal e locais de recolha de animais. Contacte estas organizações em áreas vizinhas e a nível local, uma vez que os animais perdidos podem deslocar-se por longas distâncias.

Boa viagem
Se planeia sair em férias, pense no melhor modo de cuidar do seu jovem felino enquanto estiver fora. O seu veterinário ou um seu amigo podem recomendar um hotel para gatos onde ele possa ficar, mas visite o local antes de mais, para que possa verificar se as instalações e a higiene são de sua satisfação.

Se se ausentar apenas por alguns dias, poderá pedir a um vizinho ou contratar um serviço de cuidados para gatos ao domicílio para vigiar e alimentar o jovem felino. Nunca deixe o seu gato sem cuidados, comida ou água por qualquer espaço de tempo em que se ausente.

Normalmente, quando longe do seu ambiente, os gatinhos tornam-se inquietos, por isso, certifique-se de que usa uma caixa segura para o seu transporte, em caso de pânico ou tentativa de fuga.

Nunca deixe o seu gatinho no carro. O interior dos carros pode atingir temperaturas muito altas, mesmo em dias moderadamente quentes e devido a isto, o animal poderá sofrer ou morrer de exaustão devido ao calor.